Recent Posts

Jovem Aprendiz Guanabara: Como Funciona Esse Processo?

Jovem Aprendiz Guanabara: Como Funciona Esse Processo?

O programa de aprendizagem Jovem Aprendiz Guanabara oferece centenas de vagas para jovens atuarem como aprendizes em sua rede de supermercados. Saiba como se candidatar para se tornar um Jovem Aprendiz Guanabara. O Guanabara é uma rede de supermercados varejista que está presente no Rio…

Saiba como não pagar o IPVA 2021

Saiba como não pagar o IPVA 2021

  E se eu te falar que existe a chance de você não pagar algum imposto, neste caso o IPVA? Pois é, existem alguns casos em que a isenção do pagamento não é tão positiva, já que pode envolver furto ou roubo do veículo, mas…

IPVA PB: Como funciona o processo de pagamento? Aprenda aqui!

IPVA PB: Como funciona o processo de pagamento? Aprenda aqui!

A cobrança do Imposto sobre a Propriedade de Veículo Automotor (IPVA PB) é feita a todo mundo que tem um veículo emplacado no Estado, sempre no começo do ano. A partir de janeiro ou fevereiro, a Secretaria de Estado da Fazenda e o Detran já divulgam o calendário de pagamento e os valores do IPVA PB.

Os pagamentos são realizados em cotas (parcelas) ou em um boleto único, que dá direito a um abatimento. Infelizmente, muitos proprietários deixam o IPVA atrasar e uma das consequências é a classificação do veículo como irregular para estar nas estradas e nas ruas. Afinal, sem IPVA PB não se pode realizar o licenciamento.

IPVA PB

Quando o Imposto sobre a Propriedade de Veículo Automotor da Paraíba é pago, ocorre a divisão do montante arrecadado entre a Prefeitura, o governo estadual e o governo federal. Os três podem usar o dinheiro para qualquer necessidade que tenham, mesmo que ela não tenha nada a ver com o trânsito.

Os valores do IPVA PB, muitas vezes, são utilizados para pagamento de materiais escolares, reposição de materiais médicos em postos de saúde e hospitais e muitas outras coisas. A seguir, a forma exata como o dinheiro do imposto é distribuído:

  • 50% do valor fica com o município;

  • 25% do valor fica com o Estado da Paraíba;

  • 25% do valor fica com o governo federal

Consultar IPVA PB

A atenção aos valores cobrados de IPVA PB e aos possíveis débitos de anos anteriores evita diversos problemas com a Secretaria de Estado da Fazenda e com o Detran. Uma das vantagens de estar com o imposto em ordem é poder vender o veículo sem maiores dificuldades.

Se você precisa consultar se há pendências de IPVA PB de anos anteriores ou já quer saber o valor do imposto para este ano, consulte o sistema do Detran usando as orientações a seguir:

  • Acesse aqui;

  • Clique em “Consultar débitos” e insira as informações do veículo;
    Licenciamento IPVA

  • Se não precisa consultar débitos, vá direto a “Emitir boleto IPVA”
    Licenciamento IPVA

O Detran PB atende presencialmente quem precisa consultar débitos ou gerar o boleto para imposto deste ano. É necessário comparecer a um dos seus postos de atendimento e informar os dados do veículo.

Calendário de pagamento IPVA PB

Para fins de organização, os órgãos responsáveis pela cobrança do IPVA PB criam um calendário de pagamento para orientar os cidadãos. Sendo assim, cada final de placa corresponde a um dia e é necessário pagar o imposto na data em questão.

Como já mencionado, é possível pagar o IPVA em parcelas; dessa forma, cada final de placa corresponderá a algumas datas de vencimento diferentes, em meses consecutivos. Você encontra o calendário de pagamento atual clicando aqui ou procurando uma unidade do Detran da Paraíba.

Onde pagar o IPVA PB

Há bancos credenciados que recebem o pagamento do IPVA PB, inclusive de quem não é correntista. Para estes, é só apresentar o boleto na boca do caixa e pagar usando cartão de débito ou dinheiro.

Para os correntistas dos bancos credenciados, há opção de pagar usando Internet Banking ou aplicativo e até mesmo os terminais de autoatendimento das agências. Vale reforçar que cartão de crédito não pode ser usado para pagamento de IPVA PB.

Se você quer saber todos os lugares onde pode pagar o Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotor, basta ir até a casa lotérica ou consultar o boleto do IPVA, que traz os bancos nos quais a cobrança é pagável.

Alíquotas do IPVA PB

Em todo o Estado, a cobrança de IPVA ficará mais barata, já que o governo estadual diminuiu a alíquota para quase todos os veículos. A seguir, alguns desses abatimentos:

  • Camionetes terão o imposto diminuído em 4,42%;

  • Ônibus terão o imposto diminuído em 3,83%;

  • Carros de passeio terão o imposto diminuído em 4,18%;

  • Motos terão seu imposto diminuído em 2,91%

Há mais reduções ainda e todas elas são acessadas por meio da consulta já ensinada aqui.

Como entrar em contato com o Detran PB

Você consegue as informações necessárias sobre o IPVA na Paraíba entrando em contato com o Detran e o seu site tem várias indicações desses contatos:

  • Clique aqui;

  • Clique na opção “Institucional”;

  • Se quiser telefones ou contato virtual, selecione a opção “Fale conosco”;

  • Se quiser atendimento presencial, clique em “Ciretrans e postos”

Conclusão

O Departamento Estadual de Trânsito e a Secretaria de Estado da Fazenda da Paraíba fazem a cobrança anual do IPVA como forma condicional para o licenciamento. Os custos desse imposto para automotores dependem da utilização deste e podem parcelados em cotas, sendo pagas nas casas lotéricas ou bancos.

Nós agradecemos muito a sua leitura e desejamos reforçar que o pagamento do IPVA PB em cota única é muito mais vantajoso para a população em decorrência do desconto que o Detran e a Sefaz da Paraíba concedem.

Alistamento militar online 2021

Alistamento militar online 2021

Neste ano, por conta das recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), atividades ocorridas em massa, como o alistamento militar, foram realizadas online. Em vez de comparecer a uma junta militar próxima à sua residência, brasileiros que completaram 18 anos em 2020 precisaram se inscrever…

5 dicas essenciais de maquiagem para iniciantes

5 dicas essenciais de maquiagem para iniciantes

Com todos os influenciadores de beleza, YouTubers, e crianças de 13 anos que poderiam passar por crianças de 20 anos lá fora, é fácil se sentir que é a única no mundo que não consegue fazer uma simples maquiagem como uma profissional, querendo até investir…

O princípio entre mídia, democracia, eleições e cidadania

O princípio entre mídia, democracia, eleições e cidadania

O princípio-guia que melhor ilustra o papel dos meios de comunicação nas eleições é aquele que postula que sem liberdade e o pluralismo dos meios a democracia não é possível. Este princípio tem sido sublinhado nas decisões de diversos tribunais internacionais. Recentemente , essa mudança tem sido afirmado categoricamente pelo Relator Especial das Nações Unidas sobre a Liberdade de Expressão, que formulou uma série de medidas que os governos devem colocar em prática para garantir a liberdade dos meios de comunicação durante as eleições.

Existem diferentes dimensões da liberdade dos meios de comunicação que são relevantes para as eleições:

  • Liberdade contra a censura.
  • Liberdade contra ataques ou interferências arbitrárias.
  • Liberdade de acesso à informação necessária.
  • Uma pluralidade de vozes nos meios de comunicação.

A última delas é especialmente importante. Com frequência é interpretado como que os meios têm de possuir uma diversidade de interesses, que resulte em um “mercado de ideias”. Isso é importante, mas é apenas um aspecto. Para os países que vão deixando para trás um governo autoritário, caracterizado por um rígido controle estatal sobre os meios, assegurar o pluralismo dos meios estatais pode ser igualmente importante. Isto se deve a que, com freqüência, é apenas uma cadeia nacional de telecomunicações controlada pelo governo que tem a capacidade de chegar a todos os segmentos do eleitorado.

A fim de garantir que os meios públicos ou estatais não estão, na prática, controlados pelo governo, pode ser necessária uma clara disposição regulamentar. Este é o paradoxo central da administração dos meios de comunicação durante as eleições – a freqüente necessidade de se estabelecer um sistema complexo regulador, com o objetivo de permitir que os meios operam livremente e sem interferências.

Cidadania

Existem três conjuntos de direitos vinculados:

  • o direito de os eleitores a fazer uma escolha plenamente informada.
  • o direito de os candidatos apresentarem suas políticas.
  • o direito dos meios de comunicação para informar e expressar seus pontos de vista sobre assuntos de interesse público.

Claro, esses direitos, que são, essencialmente, todos os aspectos do direito à liberdade de expressão garantida no artigo 19 da Declaração Universal de Direitos Humanos, aplicam-se a todo o momento, e não apenas quando há uma escolha pendente. Mas é a própria formalidade do processo eleitoral – o fato de que se leva a cabo de acordo com os procedimentos claramente estabelecidos na lei – o que tem estimulado o interesse daqueles que se ocupam de questões de liberdade de imprensa. Até que ponto o respeito à liberdade de imprensa e o pluralismo durante um período eleitoral, pode ser um bom indicador do respeito à liberdade de expressão em geral -, em si mesma, uma condição prévia essencial para uma democracia que funcione. Pelo contrário, uma escolha pode ser uma oportunidade ideal para educar tanto as autoridades sobre sua obrigação de respeitar e de promover a liberdade de imprensa,como os meios de comunicação em sua responsabilidade de apoiar o processo democrático.

No que diz respeito às relações com os meios de comunicação a partir da perspectiva do organismo eleitoral, outros dois importantes princípios entram em jogo: a transparência e da confidencialidade.

A transparência significa que as operações do organismo eleitoral é aberto ao escrutínio público e, portanto, à prestação de contas.A confidencialidade significa que a segurança das operações do organismo eleitoral está protegida contra os que não têm acesso a informações confidenciais, e que podem colocar em perigo a integridade do processo eleitoral.

É evidente que, na prática, esses princípios podem entrar em conflito. Uma transparência e total privacidade são claramente incompatíveis. No entanto, definir a prioridade desses princípios em um caso concreto pode ser menos difícil do que possa parecer. É quase sempre certo que os planos e atividades do OE devem estar abertos ao escrutínio público. É verdade, sem exceção, que a votação deve ser secreta. Os casos que ficam entre estes provavelmente são poucos.

Antes de escolher o candidato nas eleições é preciso entender a relação da imprensa

Antes de escolher o candidato nas eleições é preciso entender a relação da imprensa

É uma obviedade dizer que os meios de comunicação desempenham uma função essencial para o devido funcionamento da democracia. As discussões sobre as funções dos meios geralmente focam-se em seu papel de “vigias”: por sua indiscutível função de investigação e exame dos sucessos ou fracassos…